Limpeza de pele é algo muito mais complexo do que você imagina

A toxina botulínica é uma grande aliada no combate ao bruxismo e enxaqueca
8 de fevereiro de 2018
Saiba como tratar as rugas ao redor da boca
18 de abril de 2018

Limpeza de pele é algo muito mais complexo do que você imagina

Esqueça a máxima de que “limpeza de pele é tudo igual”. Definitivamente não é

A limpeza de pele é a base para qualquer outro procedimento estético realizado na região da face e é necessário que ela seja individualizada, uma vez que para ter os melhores resultados é preciso que se conheça a fundo a pele de cada paciente.

E de antemão já adianto: não é SÓ passar um tônico, SÓ fazer uma esfoliação e hidratar. Devemos nos preocupar com três premissas antes de darmos início ao trabalho: que tipo de pele estamos trabalhando? Quais os problemas que ela apresenta? Qual objetivo queremos atingir? Só assim poderemos escolher os ativos cosméticos corretos para que a limpeza seja efetiva.

Saiba como funciona:

O que a limpeza de pele proporciona?

Dia após dia somos expostos a diversos tipos de elementos que aderem à pele e causam a obstrução de canais que facilitam a saída de elementos tóxicos e a oxigenação. A limpeza é fundamental para remover essas impurezas. Escolher o cosmético adequado para cada tipo de pele possibilita devolver a ela a capacidade de eliminar os metabólitos.

Por que esfoliar a pele?

É na etapa da esfoliação que a pele se torna mais permeável aos ativos cosméticos. Contamos no mercado com esfoliantes químicos, físicos, enzimáticos e mecânicos. Nesta fase é fundamental  uma avaliação precisa da pele, para escolher qual tipo de esfoliante usar.

Equilibrando o PH da pele

Para que haja o equilíbrio do PH da pele é necessário o uso de tônico facial. Contudo, a escolha do tipo também deve variar de pele para pele.

Limpeza profunda

Após limpar, esfoliar e equilibrar o PH, é hora de iniciarmos a remoção das impurezas mais profundas, como os cravos. Nesta etapa devemos nos atentar a escolha do método de extração. Atualmente temos 8 tipos de extração, que podem ser usados separadamente ou associados. A escolha do tipo vai depender de como são essas impurezas e há quanto tempo elas estão na pele do paciente.

Hidratando a pele

A hidratação é a última etapa de uma limpeza de pele bem-sucedida e tem o papel primordial de devolver a água a epiderme e, com isso, manter a barreira epidérmica em perfeito estado.

Agora que você já sabe tudo sobre limpeza de pele não se deixe enganar por ofertas que não tenham como preocupação central a individualização do tratamento. O cuidado com sua pele é coisa séria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *