Estrias têm tratamento sim!

Para alguns, a Acne pode abalar até o emocional
30 de agosto de 2017
A queda de cabelo está se tornando cada vez mais comum entre as mulheres
30 de novembro de 2017

Estrias

Há pouco tempo as estrias eram tidas como um problema sem solução. Hoje, com a avançada tecnologia disponível para tratamentos de pele, já existe uma grande variedade de opções tanto para prevenção, quanto para amenizar e até eliminar essas marcas.

As estrias são cicatrizes que se formam quando há destruição de fibras elásticas e colágenas, normalmente causada por um estiramento da pele. As linhas são formadas por causa da diminuição da espessura da derme e da epiderme. Elas podem coçar e arder, mas em geral não apresentam sintomas com seu aparecimento.

ONDE ELAS SE INSTALAM

Em mulheres é mais comum encontrar estrias nos flancos, coxas, glúteos, abdômen e nos seios. Já em homens é mais comum nos ombros, braços e costas. Os que se submetem a musculação excessiva ou abusam de anabolizantes são os mais propensos. Se elas causam um desconforto estético, é motivo para a busca por um tratamento.
Vou esclarecer algumas dúvidas sobre estrias e seus tratamentos a seguir:

Quem tem mais probabilidade de desenvolver o problema?

Pacientes que ganharam peso ou emagreceram muito rápido, ou ainda adolescentes que cresceram de maneira muito acelerada. A probabilidade de acontecer na gestação ou após o parto, também são altas. Pacientes que usam medicação que levam a um rápido ganho de peso (como corticoides) também possuem uma probabilidade maior de sofrer com estrias no corpo.

Qual a melhor forma de prevenção?

A melhor forma de prevenir é a hidratação adequada da pele. São necessários hidratantes contendo ceramidas, vitamina E, óleo de rosa mosqueta, entre outras substâncias que vão prevenir o surgimento dessas estrias.

Toda estria tem tratamento?

As estrias vermelhas são as que respondem melhor aos tratamentos. Mas isso não torna menos importante o tratamento das brancas. É visível o grau de melhora de ambas.

Quais os locais mais difíceis de tratar?

Todas as regiões do corpo podem ser tratadas. Não existe dificuldade de tratamento por localização. O que vai fazer uma estria ser mais difícil de tratar é a espessura da lesão, ou seja, as estrias mais grossas são as mais difíceis e as brancas também.

Quais são os tratamentos mais eficazes?

Os tratamentos têm como base a hidratação adequada da pele, associada ao uso tópico e procedimentos. Dentre esses procedimentos, os mais eficazes são os lasers. Existe a opção do laser ablativo (com C02) e do não ablativo (laser Érbio). O Érbio tem trazido mais resultados por não inflamar a pele, não é dolorido (como o CO2) e possui um ótimo resultado na melhora dessas lesões.
O protocolo do tratamento é uma sessão por mês. Geralmente são necessários no mínimo 03 sessões para que os resultados sejam satisfatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *